/ Cloud

Qual o melhor tipo de Backup?

A perda de arquivos digitais nas empresas é muito mais comum do que parece, a única forma de se proteger é fazendo Backup, assim você terá cópias seguras com a possibilidade de recuperação rápida em caso de algum desastre. Nesse sentido, é muito importante definir qual tipo de backup faz mais sentido para a realidade da sua empresa, pois se o Backup não foi bem feito pode ocasionar em mais custos e trabalho. Continue lendo para conhecer alguns dos principais tipos de backups e como eles funcionam.

Armazenamento Doméstico
Este primeiro tipo de backup, é o mais simples e comum de todos. Geralmente o armazenamento é feito em HD externo, CD ou DVD. É mais recomendado para pequenas empresas ou profissionais que fazem home office e não tem condições de investir em servidores mais robustos. O ponto negativo é que esses drives estão susceptíveis a desastres físicos e extravios.

Nuvem
O backup em nuvem é bastante útil pelo fato de não ocupar espaços físicos, bem diferente do Armazenamento Doméstico. Além disso, o custo deste tipo de backup costuma ser bem mais baixo do que manter um servidor próprio. É importante saber que por ser um sistema 100% virtual, a nuvem oferece um grau de riscos por invasão de Hackers ao sistema.

Ao contratar um o backup em nuvem, considere a reputação da empresa, algumas famosas são o Google Docs, iCloud da Apple e o Dropbox. Apesar de estar sempre condicionado a uma conexão com a internet, backups na nuvem são a melhor maneira de acessar seus arquivos quando e onde quiser, além de trazer funcionalidades como agendamento, automação e gerenciamento de históricos.

Backup Completo
O backup completo, como o próprio nome diz, faz uma cópia integral dos dados da sua empresa, ele não verifica se há atualizações parciais ou se condiciona a datas, dessa forma mesmo que alguns arquivos não tenham sofrido alteração desde o último backup realizado, ele cria uma cópia fidedigna novamente e substitui o anterior. Geralmente o backup completo não é recomendado, pois demanda muito mais espaço de armazenamento, mais tempo para ser finalizado e muitos recursos da rede e, neste caso, a gestão de histórico não faz sentido.

Backup Incremental
O backup incremental na primeira ativação faz uma cópia de todos os dados, enquanto nos demais tipos somente arquivos novos ou alterados, substituindo arquivos antigos, ele é recomendado por aumentar o desempenho reduzindo operações de disco e uso de recursos da rede para backups remotos. Pode também especificar o número de copias a manter, tendo o mesmo backup completo incremental, replicado mais vezes e substituído em rotação.
O ideal é usar o backup incremental em conjunto com o Completo, realizando um Completo semanal e um incremental diário, sendo que essa periodicidade pode variar de acordo com as necessidades da empresa.

Backup Diferencial
Esse é com certeza o tipo de backup mais recomendado para o uso diário, realizando a cópia somente dos dados que passaram por modificações. Diferentemente do backup Incremental que copia somente os arquivos que foram alterados desde o último backup, seja ele qual tipo for, o backup diferencial copia os arquivos que foram modificados desde o último backup Completo.

É considerado um Backup personalizado porque você contrata o espaço conforme a necessidade da sua empresa. Ele é mais rápido que o backup Completo, porém mais demorado que os backups Incrementais. Sua grande vantagem é na facilidade de recuperação dos dados, já que para restaurar o sistema basta recuperar o último backup Completo e apenas um Diferencial, em vez de um Completo e vários Incrementais.

Conclusão
Com essas informações, você pode escolher o melhor tipo de backup para sua empresa. O ideal é sempre procurar uma empresa especializada para ter uma análise do ambiente e então indicar o backup com maior fit.

Quer opções práticas para o backup da sua empresa? Entre em contato conosco e conheça as nossas soluções.

Estabilis-BannerCTA_BLOG