/ AWS

Transformação DevOps - por onde começar?

Por onde começar?

Recentemente, fizemos um webinar sobre Transformação DevOps - por onde começar? (material completo aqui) para relembrarmos o conceito e a importância da transformação de DevOps, além de instruir as pessoas sobre como começar essa transformação e como o Mapa de Fluxo de Valor pode auxiliar no processo como um todo.

Ao longo do webinar, notamos que existe a preocupação dos profissionais na melhor transformação DevOps para seus negócios e o mercado como um todo. E o que queremos fazer, agora, é te contar os pontos principais desse webinar para que você saiba por onde começar os trabalhos.

Mas, afinal, o que é DevOps?
DevOps é uma abordagem cultural que busca aproximar pessoas através do conceito colaborativo. Ou seja: automatiza processos repetitivos com práticas e ferramentas confiáveis, estáveis e seguras que podem ser trocadas entre as pessoas responsáveis por eles.

Ao se utilizar de DevOps, um projeto busca a otimização do tempo de desenvolvimento contando com um escopo de altíssima qualidade de entrega. Seus principais valores culturais são o respeito, a confiança e atitude positiva do enfrentamento de problemas, principalmente para processos de automação de infraestrutura, controle de versionamento de código compartilhado e feature flags.

É possível, hoje, fomentar a transformação DevOps através de práticas e técnicas para fluxo, feedback e aprendizado e experimentação contínuos. Portanto, essa é uma solução viável para empresas que precisam melhorar seus processos e a qualidade de seus serviços, além de serem mais ágeis e inovadoras.

Como fazer a transformação DevOps
Para começar a falar de processos de alto nível de colaboração, é preciso entender, primeiro, um pouco da transformação digital, que é o principal motivador da transformação DevOps.

O mundo está evoluindo de forma bastante acelerada – e isso significa que você precisa incorporar essa velocidade dentro do seu negócio. Por isso, nada melhor para as empresas de desenvolvimento do que adotar uma cultura ágil, que leve em consideração os preceitos básicos dos negócios “lean”, ou seja, enxutos.

São cinco os principais preceitos: valor, fluxo de valor, fluxo contínuo, produção puxada e melhoria contínua. Todos eles direcionam a empresa desenvolvedora de software a um denominador comum: a entrega de valor para o cliente.
Isso pode ser feito em sete passos diferentes, dentro da metodologia lean:

1.Eliminar desperdícios, inclusive evitando trabalhos inacabados;
2. Integrar qualidade;
3. Criar conhecimento;
4. Adiar comprometimentos;
5. Entregar rápido;
6. Respeitar as pessoas;
7. Otimizar o todo.**

Já no primeiro passo da transformação DevOps, segundo a metodologia lean, conseguimos utilizar o Mapa de Fluxo de Valor, uma ferramenta visual de diagnóstico que permite a documentação de todas as atividades dentro de um processo.

É esse mapa um dos principais ativos da transformação DevOps, pois ele organiza e orienta o processo de implementação de novas funcionalidades, solicitadas por cliente, em um projeto, além do processo para corrigir um problema crítico de aplicação. Isso sem contar que o Mapa também ajuda a organizar todo o processo em si, desde o conceito até o lançamento de um novo produto.

Resumindo: criar seu próprio Mapa de Fluxo de Valor vai ajudá-lo a queimar etapas críticas do desenvolvimento de software e, ainda, contar com projetos mais alinhados entre equipes internas, empresa e cliente.

Quando começar a transformação DevOps?
“Agora” é a resposta mais assertiva para essa pergunta.
Afinal, a transformação DevOps é essencial para a sobrevivência de empresas que querem entregar valor com tecnologia ao cliente final, mantendo a qualidade do serviço mesmo em sistemas de metodologia ágil.

Vale lembrar, inclusive, que a porta de entrada para essa transformação é justamente a cultura ágil – um ativo que fará muito mais sentido se você utilizar o Mapa de Fluxo de Valor como ferramenta para visualizar processos atuais de desenvolvimento e identificar quais são e onde estão os desperdícios.

Nossa dica é que você crie nos próximos dias um Mapa de Fluxo de Valor Futuro e monte um plano de ação para ser executado num período de três a seis meses. Após esse tempo, reinicie o processo com a criação de um mapa futuro e um novo plano de ação para seus negócios.

Gostou do conteúdo? Você pode acessar o vídeo e o material utilizado no webinar clicando aqui