/ Kubernetes

Adote DevOps e Kunernetes para se manter competitivo!

Ao longo dos anos, a adoção do DevOps aumentou em vários setores diferentes e percorreu um longo caminho para que as empresas permanecessem à frente do jogo de maneira rápida e eficiente.

Como todos sabemos, no que diz respeito a um time-to-market mais rápido, não há espaços para erros, pois pode potencialmente, reduzir o valor do negócio e arruinar as marcas.

Por isso as empresas estão incentivando as equipes de teste e desenvolvimento a usarem metodologias, estruturas e ferramentas contemporâneas, como o Kubernetes, para aumentar a implantação de aplicativos e software.

É nesse ponto que o DevOps é útil, reunindo as operações de desenvolvimento e de TI para aprimorar a colaboração entre uma variedade de funções.

Andrew Hardie, presidente do grupo de especialistas BCS DevSecOps, comentou: “DevOps é sobre velocidade” Velocidade através de automação, confiabilidade e consistência. A automação lida com comprometimento, mais compilação, empacotamento, teste, promoção e implantação, com vários níveis de teste e implementação para cada ambiente (dev, sit, nft, pre-prod, prod).”

Velocidade, qualidade e inovação
Aqui estão algumas das principais razões para adotar o DevOps, se você ainda não o fez!

Testes contínuos, integração contínua e implantação contínua fazem parte da metodologia DevOps, permitindo ciclos de desenvolvimento mais curtos, acelerando frequências de implantação e tornando o processo de entrega de software mais confiável.

• Ele trabalha para facilitar as equipes com feedback e melhoria contínuos, mesmo em produção, permitindo testes de liberação automatizados, testes de integração contínua e planejamento contínuo

O DevOps suporta testes automatizados para validações front-end, intermediárias e backend, o que significa que as portas de controle de qualidade são criadas e mantidas em todas as etapas do ciclo de testes de software

Agilidade e flexibilidade nos processos de desenvolvimento garantem velocidade, qualidade e inovação.

DevOps e Kubernetes
As equipes de DevOps estão comprometidas com ferramentas open source, como o KUBERNETES, já que a maioria dos engenheiros DevOps o adotam no lugar de alternativas de código fechado.

Hardie concordou: “Ao implementar DevOps, você também deve adicionar monitoramento, registro de eventos, métricas de rastreamento, bem como GitOps para promoção de ambiente declarativo. O Kubernetes também está evoluindo muito rápido.

“Manter-se é uma luta, tanto para fornecedores quanto para profissionais de DevOps. Uma nova ferramenta do ecossistema aparece toda semana, ou antes. A implantação não é mais processual, mas declarativa. Ferramentas de construção e pacote (por exemplo, Maven, Docker) desaparecem por trás da cortina de automação.”

Mais e mais empresas parecem estar recorrendo às plataformas Kubernetes e microservices para adicionar mais agilidade e, em muitos casos, poder de computação às suas operações de TI, enquanto implantações sem servidor são vistas principalmente como uma forma de economizar recursos ao relegar o gerenciamento de servidores a terceiros.

“Para o desenvolvedor, tudo entre a consolidação de código e a implementação de código se torna automatizado e invisível. Eles veem apenas o relatório de falha de teste ou a implantação bem-sucedida. A equipe de DevOps é quem está fazendo todo o trabalho duro para que isso aconteça, continue acontecendo, mantenha-o atualizado e mantenha-o seguro”, acrescentou Hardie.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com seus amigos que se interessam pelo assunto e inscreva-se aqui para receber os nossos conteúdos no seu e-mail.

Fonte: devopsonline